O seu trabalho deve respeitar sua saúde mental

Ao procurar por uma nova vaga de trabalho ou estágio, certificar-se de que o escritório ou empresa apresenta condutas positivas quando o assunto é saúde mental é um ponto de grande importância, visto que grande parte do dia a dia é vivido neste ambiente. 

Identificar a cultura empresarial em torno desse tema pode ser uma tarefa desafiadora para quem observa de fora, porém existem alguns sinais que podem ser analisados a fim de se compreender se as medidas de bem-estar e saúde mental condizem com as expectativas. 

A seguir, você confere algumas dicas selecionadas pela equipe Lexnautas sobre o que considerar antes e durante uma entrevista com o recrutador. 

Antes da entrevista: faça sua pesquisa 

Algumas informações relacionadas às políticas da empresa não serão facilmente encontradas, por se tratarem de informações internas, porém existem algumas formas de contornar essa situação no mundo digital. 

O melhor lugar para começar sempre serão as páginas de “sobre” e “cultura” dos escritórios. Nestas seções já é possível identificar qual a visão do escritório quando o assunto é a equipe de colaboradores e o bem-estar como um todo. 

Geralmente esses posicionamentos podem ser validados nas redes sociais das empresas, frente a depoimentos de funcionários e ex-funcionários, escolha de publicações e exposição do cotidiano do escritório. 

Outro indicador importante diz respeito à diversidade no ambiente de trabalho. A falta desta característica pode, em alguns casos, demonstrar uma cultura mais exclusiva, quando opiniões diferentes não são tão valorizadas. 

Por último, é importante notar quanto tempo os funcionários costumam trabalhar no escritório em questão. A alta rotatividade de colaboradores pode ser um indicador de um ambiente dubitável. 

Durante a entrevista: descubra direto da fonte 

Mesmo que você tenha realizado a pesquisa prévia mencionada acima, ouvir as informações diretamente de um dos colaboradores faz toda a diferença. 

Caso se sinta confortável, pergunte ao entrevistador(a) como é o dia a dia no escritório, a experiência de se trabalhar lá, e o que ele(a) mais gosta no geral. Preste atenção na resposta. Menções sobre a equipe ou a cultura da empresa são um sinal positivo, enquanto um retorno vago pode ser controverso. 

Outra opção é analisar a prioridade do entrevistado(a) ao repassar informações. Todos os pontos podem representar um reflexo da cultura empresarial: a sua disponibilidade para trabalhar além do horário é questionada? Há interesse na sua compatibilidade com o time ou o desempenho é medido individualmente? 

Por fim, sempre é recomendado entender o posicionamento do escritório frente a adversidades do cotidiano. Imprevistos acontecem e, por vezes, é necessário se ausentar por um período. Neste caso qual é a conduta do escritório? Existe essa flexibilidade? 

Mais do que uma fonte de renda, o trabalho está muito ligado à qualidade de vida e realização pessoal, devendo sempre agregar de forma positiva para o crescimento profissional.

Leia também

SOU TÍMIDO, E AGORA?

A timidez é muito comum e diariamente interfere na forma em que os indivíduos se relacionam, principalmente no ambiente de trabalho. Presente desde cedo nas

Leia mais»

Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.